CONCEITOS

A Gigante e Quase Imperceptível Diferença entre Marketing Multinível e Pirâmide

Nesse artigo eu vou falar um pouco sobre a Gigante e quase imperceptível diferença entre o Marketing Multinível e Pirâmide, um assunto básico para os mais experientes e desafiador para quem está começando.

MARKETING MULTINÍVEL OU PIRAMIDE ?

Marketing Multinivel ou Piramide

Você profissional de Marketing Multinível, já deve ter ouvido alguém dizer:

Esse negócio de Marketing Multinível e Pirâmide são tudo a mesma coisa …

Caso afirmativo, a pergunta é: O que dizer quando a pessoa fizer essa alegação? Principalmente depois de conhecer a apresentação de negócios da sua empresa?!

Uma sugestão para você que está começando na carreira profissional de “Network Marketer”:

Responda sempre com um sorriso no rosto de quem está confiante e responda com outra pergunta: O que é pirâmide na sua opinião? Fale mais por favor…

Provavelmente a pessoa irá responder que é esse negócio de “colocar pessoas uma embaixo da outra e a pessoa do topo da pirâmide é que ganha dinheiro de todas as outras”.

Tudo bem, você pode responder que você entende que essa confusão entre marketing multinível e pirâmide se dá devido a muitas empresas inidôneas que surgiram nas últimas décadas e cometeram práticas desonestas. Porém, se me permite esclarecer, existe uma diferença gigante que separa essas duas atividades …

MARKETING MULTINÍVEL vs PIRÂMIDE

Marketing Multinivel vs Piramide

A pirâmide por si só, possui um único objetivo que é o de cadastrar mais e mais pessoas para investimento financeiro, ou seja, um ganha ganha de dinheiro fácil…

Do tipo, coloque um x de dinheiro aqui e depois ganhe 10 x sobre o dinheiro investido.

Assim funcionam os esquemas de pirâmides, muitas pessoas esperando receber multiplicado e no final das contas a empresa sai do país ou faz um comunicado informando que precisará encerrar as atividades. E daí, processos jurídicos se iniciam de pessoas que foram lesadas, tentando reaver seus prejuízos, ou seja, um grande golpe para a economia popular.

Já uma empresa de Marketing Multinível Legítima tem o compromisso de se afiliar a órgãos competentes do seguimento, vou citar dois exemplos:

  •  ABEVD (Associação Brasileira das Empresas de Vendas Diretas) que regula e verifica as empresas que de fato praticam e promovem a distribuição de produtos diretamente ao consumidor final;
  • ANVISA – (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) que por sua vez regula os produtos para que estejam totalmente de acordo com as normas de segurança.

É necessário haver produtos?

Você reparou o segundo órgão regulador que mencionei … ANVISA ? 

É justamente para dizer que uma empresa de marketing multinível legítima precisa ter produtos para que de fato seja legalizada. E um detalhe muito importante … Que tenham produtos de valor competitivo de mercado e/ou diferenciado para que a rede de consumidores venham a adquirir os produtos com frequência.

Aí esbarramos em outro detalhe tão importante quanto. Que é a regularidade em que as pessoas cadastradas na empresa precisem dos produtos. Isso é importante para que assim haja um consumo mensal, o que resulta em crescimento de renda para a rede de associados.

Caso isso não ocorra, pense comigo no que poderia acontecer…

Quando a empresa não possui um serviço ou produto de necessidade recorrente, a tendência é ocorrer um crescimento abrupto dos negócios e em seguida uma queda também abrupta. Isso porque se o produto/serviço não é necessário de maneira recorrente a tendência é haver apenas a compra de kits de valor elevado para participar do negócio e não o consumo mensal.

Assim fica um pouco mais fácil para entender a diferença entre essas duas atividades, quando ocorre de maneira legal e sustentável e quando existe apenas investimento de dinheiro ou produtos sem valor de mercado.

Se você iniciou a atividade recentemente e precisa de mais orientações sobre como desenvolver o MMN de maneira mais profissional acesse nosso Mini-curso Grátis clicando aqui.

CONCLUSÃO

Por enquanto é isso, se esse assunto ajudou você que está recente ou apenas conhecendo a atividade, ajude outras pessoas a entenderem também… Compartilhe essa postagem e escreva o seu comentário abaixo sobre outros temas que você gostaria de conhecer melhor. 

Teremos a satisfação em preparar um novo Post explicando o assunto.

Um abraço e até a próxima!

Sobre o Autor

Fernando Santos

Fernando Santos, 35 anos de idade, Carioca, Casado. Formação nas áreas Contabilidade/Finanças e Comunicação Social. Atualmente Empreendedor na Área de Network Empresarial e Marketing Digital. Tem como meta, através do seu trabalho ajudar o máximo de empreendedores do ramo a obterem sucesso e o resultado financeiro desejado.

2 Comentários

Clique AQUI e Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *