MINDSET

10 Erros Que Matam o Sucesso do Seu Negócio

10 ERROS QUE MATAM O SEU NEGÓCIO

Quero elucidar pontos simples mais cruciais para o sucesso do seu empreendimento, proporcionando uma reflexão lógica dos principais pontos que fazem o seu negócio crescer ou diminuir.

Lembrando que esse modelo de negócio é marcado pela meritocracia, então quanto mais você estiver disposto a estudar e colocar em prática o que estar estudando, naturalmente os seus resultados irão florescer em velocidade compatível com o seu empenho.

Neste negócio ninguém é obrigado a nada, desta maneira a meritocracia tem sua regra bem simples e clara: “Faz quem quer, ganha quem faz”.

Sem mais delongas, vamos aos 10 erros que impendem o crescimento do seu empreendimento:

1 – Não usar os produtos ou serviço da sua empresa

Imagine como é possível alguém comprar um produto ou serviço de uma pessoa que não conhece nada sobre tais produtos.

Surpreendam-se, mais esse é um dos grandes problemas que aflige diversos negócios grandes, e pequenos e vendedores que não conhecem os seus produtos, tendem a empurrar garganta a baixo do cliente, gestores que não conhecem o seu público alvo, não tem um público definido perdem dinheiro com ações desordenadas.

Precisamos nos tornar especialistas nos produtos, ter experiência de consumo, saber quais as garantias que a fabricante oferece, desta maneira seu cliente ou futuro cliente perceberá que você é um profissional e a venda será garantida.

2 – Não ter uma rotina de nomes

Todo empreendimento precisa de cliente, e tudo começa com a estratégia adotada por cada empreendedor para encontrar esses possíveis clientes.

Criar uma lista de nome é uma tarefa simples, porém precisa de diligência e muita persistência, é necessário saber que tipo de cliente você quer atender, quais os problemas destes possíveis clientes e se a sua solução vai resolver, de posse destas informações inicie essa jornada de construção. Veja os seus contatos no celular, nas redes sociais e indicações de amigos. Todos esses recursos devem ser utilizados para aumentar a sua lista, além disso, existem outros métodos para crescer este guia de forma ainda mais profissional, com auxílio de ferramentas como o Marketing Digital.

3 – Não mostrar o seu negócio ao mundo

Muitas pessoas iniciam um negócio com as motivações erradas, sem essa razão que podemos chamar de combustível que irá fazer o seu veículo andar que é o seu negócio, sendo motorista ou não, você bem sabe que sem combustível o seu transporte não vai levá-lo a lugar nenhum.

Iniciando a sua jornada empreendedora com um viés deficiente, dificilmente você terá forças suficientes para apresentar o seu negócio, seja ele de qual tamanho for, será barrado ao longo do caminho, por vergonha, por não saber lidar com os nãos que terá pela frente e a rejeição de parentes e amigos até que o seu projeto decole.

É crucial que todos os dias deveram deixar o tanque de combustível bem abastecido, ou seja, defina o que ti move, o que ti faz pensar no resultado, alguém falou certa vez que “a dor passar, mais a beleza fica”, você sentirá dor no início, mais os resultados serão tão belos que você suportará a dor com maestria.

4 – Não fazer o acompanhamento de forma assertiva

Neste estágio você já tem uma lista de possíveis clientes, estão acrescendo todos os dias novas pessoas, agora é necessário criar um relacionamento com essas pessoas, porque o melhor marketing até os dias atuais é o boca a boca, para que essa engrenagem funcione bem tem um pré-requisito, nós somos pessoas que gostamos de viver em comunidade e temos tendência de aceitar indicações e conselhos dos nossos amigos ou membro da nossa comunidade. Sacou?

Por essas razões caso queira transformar os nomes da sua lista em clientes, parceiros, defensores da sua causa, primeiro você tem que conquistá-los e se tornar amigo deles, ou seja, tem que aplicar a lei milenar da colheita, preparar o solo, semear, regrar, cuidar e depois virão os frutos tão almejados por todos.

5 – Não ter uma rotina de capacitação e crescimento bem definida

Toda empreitada que você vai iniciar por menor que seja, é necessário se preparar para ela, com a vida empreendedora não é diferente, uma amiga certa vez disse “quem não tem competência, não abre empresa” e essa frase ecoa na minha mente todas as vezes que sujem complicações nos meus empreendimentos.

Então, é muito importante definir uma agenda de curto, médio e longo prazo para o seu crescimento pessoal, para reciclar as suas habilidades e adquirir novas, existe uma máxima “faça o que eu digo e não faça o que eu faço”, fala sério, será que algum dia isso funcionou? Claro que não, e hoje não será diferente. Então, quer mudar o mundo? Comece essa mudança em você, construa hábitos vencedores e abandone os que ti destrói.

6 – Não anotar (não ter um registro do seu negócio)

Para ser um empreendedor é essencial ter um posicionamento diferente, pensar, criar, trabalhar e ensinar mais que os outros, para que isso seja possível é necessário fazer registros e diários de bordo. Quando anotamos os nossos planos, saímos da espera de sonhos e vamos para uma esfera da realidade e o universo conspira ao seu favor, não confie só na sua cabeça, li uns dias traz que “é melhor um pequeno lápis de que uma grande cabeça” faça anotações, lembre-se sempre, o exemplo arrasta multidões.

7 – Querer os frutos antes de plantar

Ao iniciar um empreendimento, estamos começando do zero e é imprescindível ter paciência, calma e agir com muita cautela, porque existe um tempo específico para toda colheita não importando o tipo de solo e padrão adotado. Existem fases para cada negócio e a principal tarefa do empresário neste momento é entender cada fase, e não tentar pular essas etapas.

Seja honesto com você mesmo, os próximos cinco anos vão passar de qualquer forma, então que tal escolher uma atividade que você si identifique, que lhe motive o suficiente para trabalhar de forma profissional e que faz pensar na solução em ajudar o próximo e não só no quanto você vai ganhar por está fazendo isso, então foque em como fazer mais e melhor todos os dias e frutos virão naturalmente.

8 – Autonomias reduzidas

Caso deseje ter sucesso na vida empresarial não se engane, você precisa botar a mão na massa, conhecer todos os setores e tornar-se um especialista diariamente, jamais delegue o seu futuro a terceiros.

9 – Não se adaptar as mudanças

O Mundo mudou você já deve ter ouvido isso, é tão comum que às vezes não damos a devida importância a esse fato, os processos mudam, novas tecnologias invadem nosso estilo de vida a cada dia, reinventando até a maneira como as pessoas se relacionam e como veem o mundo. De acordo com isso o empreendedor não pode ficar a margem destas mudanças, precisamos está extremamente antenados, principalmente nos assuntos que são relacionados ao mercado, isso envolve novas tecnologias, ferramentas, processos e formações. Desta forma, precisamos ter ou sabe quem tem a solução.

10 – Não acreditar

A grande questão é se envolver em algo que você acredite, caso não conheça antes de entrar procure saber quais órgãos regulamenta essa atividade, se os produtos ou serviços comercializados precisam de autorização, quem já está trabalhando com esse ramo que você confia que pode te ajudar a pensar melhor, não aja com o coração use a cabeça, neste momento você é empresário, existe uma máxima, “empresa tem CNPJ e não coração”, você precisa acreditar na sua empresa, nos produtos/serviços, em você e nos seus sócios.

 

Sobre o Autor

Rogério Freitas

Diretor de expansão do portal rogeriofreitas.com, professor de informática, atualmente CEO de uma escola de cursos profissionalizantes com mais de 5 mil anos formado, desenvolve negócios digitais. Formado em Analise de Sistema e Estudante de Marketing.

Comentar

Clique AQUI e Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *